February 10, 2020

Mensagem de Stephen Deuters – escritor, produtor, amigo e assistente de Johnny Depp.


O silêncio de muitos veículos de comunicação em torno das revelações recentes em um certo caso de difamação de grande destaque é uma indicação vergonhosa de uma hipocrisia endêmica em nosso atual contexto cultural ao lidar com vítimas masculinas de violência doméstica. Esses veículos de comunicação, que se dizem defender vítimas, não o fazem. Em vez disso, eles divulgam suas agendas políticas e as de seus anunciantes, independentemente dos fatos, tomando decisões baseadas em motivos comerciais, dentre outras razões, para divulgar boatos e rumores factualmente mentirosos sobre as evidências, desde que se encaixem em sua narrativa. Ao fazer isso, eles convenientemente ignoram que uma posição de poder e privilégio foi usada para explorar um importante movimento cultural e as verdadeiras vítimas de abuso que dizem representar. [Para eles], a aniquilação da reputação de um indivíduo inocente e decente no processo é um dano colateral aceitável. A vergonha é deles.
Dito isto, todos nós, como sociedade, precisamos melhorar. Precisamos ser honestos e justos. Não devemos tirar conclusões precipitadas pelos tablóides. Devemos julgar a razão e a paridade. E, como alguém afirmou recentemente, a verdade não tem gênero.

A declaração refere-se aos recentes vazamentos de áudios que provam a falsas acusações de violência doméstica promovidas por Amber Heard.


One Response to “A verdade não tem gênero!”

Bia

Johnny é muito bonzinho, esse é o problema. Eu já teria criado minha conta no Twitter e confrontado cada um deles, queria ver quem ia ter coragem de continuar difamando. Mas apesar de tudo é bom vê que muitas pessoas estão mudando de lado. E que mais provas venham a tona, mal posso esperar.

February 11, 20 • 12:52 am


Comment Form