Tradução da Entrevista para a Revista belga So Soir Magazine (Fev 2018)

Revista belga So Soir, em uma entrevista exclusiva: As confidências de Johnny Depp em “So Soir”
A matéria faz parte da campanha de divulgação do Eau de Parfum Sauvage da Dior.

Imagens >>> Revista Francesa So Soir – (fevereiro 2018)

As confidências de Johnny Depp em “So Soir”: “Posso fazer tudo na frente da câmera”

É como parte de seu papel como embaixador da Dior que nós conseguimos essa entrevista com Jack Sparrow. O ator americano encarna para a Casa Parisiense algo “selvagem”, alguma interpretação de liberdade, mas não só isso. Nós descobrimos explorando Johnny Depp, um questionamento intenso sobre si mesmo, o trabalho com personagens que se baseiam mais no sentimento, um relacionamento com a musicalidade das emoções, uma personalidade ao mesmo tempo complexa e desinteressada… Quando perguntado para se definir, o homem se mostra um tanto singular e expressa uma certa limitação. Eu gosto de ficar na sombra, um pouco para trás. Prefiro o escuro do que a luz, eu sou uma pessoa tímida. É engraçado porque quando eu desempenho um papel, eu não tenho limite, eu posso fazer qualquer coisa na frente da câmera. É bastante confuso ficar mais confortável na frente da câmera do que ser você mesmo. Se eu tivesse que falar para fazer um brinde em um jantar, eu ficaria perdido. Enquanto quando eu atuo, um universo inteiro se abre para mim. Para Dior, o fotógrafo Jean-Baptiste Mondino pegou a parte de mim que não gosta de falar sobre palavras estranhas: “Celebridade”, “Glória” e toda essa merdè que não se encaixa com quem eu sou.

Read More

Johnny em novo Photoshoot de Hoss Halfin- Dezembro/2017

O renomado fotógrafo Hoss Halfin divulgou em 13 de Dezembro de 2017, em seu site, algumas das fotos do novo Photoshoot que realizou com Johnny em Londres.

” A semana passada estava na companhia do Johnny Depp. Eu fiz uma grande sessão de fotos, o Johnny estava, claro, quatro horas atrasado. Mas ele ficou mais quatro horas então fiz muita coisa. Então no sábado passado fui vê-lo tocar com Marilyn Manson, que eu não via ao vivo há anos