Johnny e o livro dos 50 anos do Led Zeppelin -Set/2018

Durante sua recente estada no Japão (setembro/2018), Johnny apareceu em algumas destas fotos portando um livro sobre a banda Led Zeppelin.
Trata-se do livro “Led Zeppelin by Led Zeppelin”.


Led Zeppelin by Led Zeppelin é o primeiro e único livro ilustrado oficial a ser produzido em colaboração com os membros da banda. Comemorando 50 anos desde sua formação, ele cobre a carreira musical inigualável do grupo e apresenta fotografias de Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham dentro e fora dos palcos, em momentos inéditos e no estúdio de gravação. Esse volume definitivo de 400 páginas inclui fotos inéditas, trabalhos de arte dos arquivos do Led Zeppelin e contribuições de fotógrafos de todo o mundo.

O livro será lançado em Outubro, e se for solicitado antes do dia 9, será entregue com um poster exclusivo.

Os Hollywood Vampires de Johnny homenageiam em seus shows o falecido baterista do Zeppelin, John Bonham. Um dos momentos altos da apresentação da banda no Rock in Rio 2015 no Brasil foi a música “Whole Lotta Love” com participação de Lzzy hale.

Obrigada a Sandy Delgado, do México, pelas valiosas informações.

Entrevista à Revista austríaca Schweizer Illustrierte – Julho 2018

Entrevista à Revista austríaca  Schweizer Illustrierte Nr. 28 / 13. Julho 2018

Texto original em alemão
Tradução DeppLovers – favor  dar os créditos e link ao repostar 

Johnny Depp: “Eu penduro os sutiãs das minhas fãs”

Galã. Capitão Pirata. Suas musas incluíram Kate Moss e Vanessa Paradis. Agora o Superstar Johnny Depp concedeu ao SI uma audiência particular em Montreux. Lá ele se apresentou com a banda de rock Hollywood Vampires.

Imagem
Pirata, em boa forma: Johnny Depp no palco do Festival de Jazz em Montreux VD. Ele passou seis semanas na turnê européia com os Hollywood Vampires. “Um dos meus ídolos é Keith Richards.”

O coração está acelerado! 5 de julho, 16h05, “Fairmont Le Montreux Palace”. Eu fico em frente à Suíte Bellevue 12.
Sandra, a esposa suíça de Tommy Henriksen, colega de música de Johnny Depp, bate na porta – os dois encadearam a entrevista.
Lá está ele sentado!

Johnny Depp: ator, estrela mundial, sonho de milhões de mulheres. Ele sorri. Ele parece bem! Com óculos de sol, camiseta preta, correntes ao redor do pescoço. O homem de 55 anos prepara um cigarro, limpando um fio da cabeleira pirata do rosto. Aperto de mão suave, voz abafada.
“Oi, eu sou o Johnny. Como vai você? –
Bem, um pouco nervoso. – Esqueça! Vamos conversar.
Johnny aponta para a cadeira em frente, Tommy sentado ao meu lado.
Recomendações: vinte minutos, sem perguntas sobre privacidade e casos legais.
Read More

Times Magazine UK 16/06/2018 – Entrevista – Tradução

Johnny Depp, Alice Cooper and Joe Perry: backstage with the Hollywood Vampires

Johnny Depp never wanted to be an actor – the film star’s teenage dream was to make it big in a band. And now, with Alice Cooper and Aerosmith’s Joe Perry, he has. Will Hodgkinson meets the Hollywood Vampires
Tom Jackson
The Times magazine – UK
The Times, June 16 2018,

TRADUÇÃO por Amanda Ciliberto, exclusivo para Depp Lovers, favor creditar o DL ao repostar o texto integral ou partes dele.:
Johnny Depp nunca quis ser um ator, o sonho de adolescente dele sempre foi ser bem sucedido em uma banda. Agora, com Alice Copper e Joe Perry do Aerosmith, ele tem sua banda.

No centro de Copenhague em uma noite de Sábado, 20.000 pessoas estavam no Tivoli Gardens para o show dos Hollywood Vampires. O público jovem, que estava no parque de diversão do século 19, estava indo a loucura assistindo ao que essencialmente é uma banda de bar muito boa, tocando Break On Through (To the Other Side) da banda The Doors, Baba O’Riley do The Who, Ace of Spades do Motörhead… Um clássico da época dourada após o outro.

[…] A maior surpresa aparece quando surge um segundo guitarrista, com uma faixa na cabeça, camiseta branca com as mangas dobradas e um colete preto, para cantar “Heroes” de David Bowie. Talvez não seja uma grande surpresa mas o segundo guitarrista é Johnny Depp.

“Essa música tem sido muito relevante para mim,” diz Johnny Depp na tarde seguinte, que aparentemente era o seu aniversário de 55 anos. Ele fala com um tom baixo, devagar, um sotaque de origem indeterminada, um pouco britânico, um pouco como Marlon Brando. “Especialmente nos últimos anos”.
Read More