Livro – Piratas do Caribe – Disney Pirates: The Definitive Collection

Piratas do Caribe – Disney Pirates: The Definitive Collection

Dezessete anos antes da atração Piratas do Caribe ter sido inaugurada na Disneyland, a Walt Disney Company criou uma versão de ação ao vivo da história clássica e imponente da Ilha do Tesouro – e o resultado disparou a mania dos piratas dentro da base de fãs da Disney que cresceu continuamente nos Últimos 65 anos.
Em tempo para o lançamento do quinto filme Piratas do Caribe, a Disney está lançando Disney Pirates: The Definitive Collection aprofundando bastidores dos filmes, televisão e a história do parque. É a Antologia Definitiva para o colecionador.
E com prefácio de Johnny Depp!

17951728_1373098736062519_7965894462909957590_n 1484747003 Livro piratas_DL (17)

Mais imagens do Livro com fotos inéditas do filme neste álbum na Galeria Depp Lovers >>> AQUI!
A tradução do Prefácio está Neste Post
Leia o texto do prefácio em inglês:

Disney Pirates: The Definitive Collector’s Anthology

Since early childhood, some point between innocence and ignorance, I recognized, as luck would have it, that I somehow possessed the presence of mind to be incessantly curious and obsessively observant of those around me. Even to the point that for a couple of years – well before my teens, I was convinced that my life’s calling was to be an impersonator. I was utterly blown away by the fact it was possible to change one’s voice and mannerisms in order to elicit an instant transformation of the face, so that, immediately, the person I had been watching, was no longer themselves. They had disappeared and transformed into another being!

Read More

Tradução do prefácio escrito por Johnny – Piratas do Caribe – Disney Pirates: The Definitive Collection

Tradução do Prefácio qu Johnny fez para o livro – Disney Pirates: The Definitive Collection:

“Desde a infância, algum ponto entre inocência e ignorância, eu reconheci, como sorte, que eu de alguma forma tinha a presença da mente para ser incessantemente curioso e obsessivamente observador daqueles que me rodeiam. Até mesmo ao ponto de que por um par de anos – bem antes da minha adolescência, eu estava convencido de que o chamado da minha vida era ser um imitador. Eu estava completamente deslumbrado com o fato de ser possível mudar a voz e os maneirismos, a fim de provocar uma transformação instantânea do rosto, de modo que, imediatamente, a pessoa que eu estava assistindo não era mais ela mesma. Eles tinham desaparecido e se transformado em outro ser!

Eu era fascinado pelo comportamento humano, especialmente quando os sujeitos não sabiam que estavam sendo observados. Aquelas oportunidades indescritíveis onde se podem testemunhar momentos de comportamento simples e verdadeiro – pura honestidade – onde o sujeito simplesmente existe, desconhecendo qualquer coisa dentro de sua vizinhança – flutuando de pensamento, para pensamento, para pensamento. Em seguida, tornou-se meu dever juramentado alarmar, enervar, de sobressalto, chocar, aterrorizar e dar pânico nesses sujeitos infelizes que em grande parte acabaram por ser a minha família – os pobres sods (pobre coitados) E tudo isto só para satisfazer a minha necessidade, a minha fixação, pela pureza de perturbar os seus devaneios privados, de modo a experimentar a veracidade genuína desse reflexo inevitável e involuntário do recuo do horror e do medo. Porque você pergunta? Porque me fez rir. Gostaria de uivar durante horas, até dias, revivendo essas instâncias. Mas, eu precisava de mais. Em minha alegria juvenil, eu me tornei viciado nessas respostas totalmente espontâneas, no momento.

Read More

Scab Vendor – novo livro de Jonathan Shaw

Estamos acompanhando a algum tempo o processo de edição deste livro do Jonathan. Agora ele foi lançado, e ele já esteve em vários países fazendo seu lançamento, e a divulgação nas redes sociais tem sido bastante intensa. Mas agora finalmente temos uma matéria em português! Aqui está para que vocês possam conhecer um pouco deste livro incrível.
Mas e o que isso tem a ver com Johnny Depp? Para quem não sabe eles são amigos desde jovem e este livro conta a trajetoria de Jonathan, e Johnny estará presente em várias situações.

Jonathan Shaw – Scab Vendor
Por Alexandre Kovacs

Jonathan Shaw – Scab Vendor: Confessions of a Tattoo Artist – 488 Páginas – Turner Publishing Company – Lançamento: 21/03/2017 (inédito no Brasil).

scabvendor O multitalentoso artista e escritor Jonathan Shaw é um ícone da cultura underground norte-americana, filho do lendário clarinetista e bandleader Artie Shaw e da estrela de cinema Doris Dowling, ficou mundialmente famoso por ter sido o fundador e proprietário do Fun City Tattoo Studio em Nova York e editor da pioneira revista International Tattoo Art Magazine, tornando-se amigo de artistas e músicos famosos como: Johnny Depp, Dee Dee Ramone, Johnny Winter, Iggy Pop e Max Cavalera, para citar somente alguns. Uma prova de sua influência no meio artístico é o privilégio de ter uma ilustração de Robert Crump na capa de seu livro. No entanto, apesar de ter alcançado tamanho reconhecimento e popularidade na carreira de tatuador, abandonou tudo para se dedicar à atividade de escritor em tempo integral e acumular experiência em viagens com sua motocicleta pela América do Sul, tendo inclusive morado no Rio de Janeiro.

A vida de Jonathan Shaw é portanto rica em experiências e também uma prova de sobrevivência ao seu passado de “sexo drogas e Rock’n Roll”, certamente um mundo que nem sempre tem o glamour dos filmes e revistas, principalmente quando se é cobrado o preço pelos excessos com o álcool e drogas pesadas como a heroína. Por sinal, o drama do autor como viciado, herança de uma “maldição familiar” que iniciou com o alcoolismo do avô materno e da própria mãe, é uma parte marcante deste romance biográfico. A infância em Los Angeles, sempre negligenciado pela mãe, envolvida na maior parte do tempo com problemas com a bebida e relacionamentos difíceis, não poderia levar a outro resultado diferente do que uma adolescência rebelde, em plena época do florescimento da contracultura, drogas e amor livre. Uma década única em termos de expressão artística, em que se ouvia Jimi Hendrix e Jim Morrison no rádio e havia esperança de uma sociedade alternativa, mas que terminou de forma trágica com a prisão de Charles Manson, acusado de seis assassinatos, inclusive da atriz Sharon Tate grávida, na mesma California que presenciou o nascimento do movimento “Flower Power”.
Read More

Tradução do artigo sobre Jonathan Shaw na Rolling Stone Italia

Tradução do artigo sobre Jonathan Shaw na Rolling Stone Italia

Como o lendário tatuador Jonathan Shaw se tornou o novo Bukowski
Ele cruzou o mundo e tatuou a tripulação de Johnny Depp, pouco antes de fazer uma mudança em sua vida memorável.
Sua história está na revista Rolling Stone.
Alex Morris/25 de setembro de 2016

Quarenta anos atrás, muito antes de se tornar um tatuador de renome ou estimado autor cult, Jonathan Shaw era um adolescente viciado em heroína e traficante de part-time “cresceu com Lobos” nas ruas de Los Angeles. Também escreveu para o Los Angeles Free Press, onde até Charles Bukowski tinha um livro de endereços.
“Uma vez que nós dois estávamos podres de bêbados”, diz Shaw – até a data 61 anos de idade – “E Bukowski me disse,” você é apenas um garoto punk do caramba que vive em Hollywood. Quem gostaria de ler algo assim? Você tem que criar uma vida de merdè que você tenha algo para escrever “. E então nos mexemos “.

Read More

Tradução do prefácio do livro de Doug Stanhope, por JD

Doug Stanhope é um aclamado comediante americano, e o livro, que conta a história de sua mãe, Bonnie, e sua relação com ela, mostra as origens e evolução de seu humor, muitas vezes carregado de falas obscenas, pornografia, alcoolismo e escracho. A sinopse diz que Bonnie foi a maior fã e incentivadora de Doug, e que estiveram juntos em sua vida caótica e muitas vezes absurda.
Eis o original do prefácio do livro, datilografado por Johnny e em seguida a tradução do mesmo.
(Clique nas imagens para ampliar)

Doug061fa04f02cb

Caro leitor,

Ele é um guru depravado, debochado e acidentalmente um relutante visionário, vestindo roupas velhas que provavelmente pertenciam a babacas falecidos que furtivamente rondavam as noites de sábado.
É um homem do povo que diz o que precisa ser dito, quando, com toda a sinceridade, ninguém mais o faz – e por isto é condenado – não é suave nem por fora, nem por dentro – com ele você recebe o que você recebe e lida com isto – é o nosso salvador, aqui nesta vida, onde a única garantia é você parar de respirar e um imposto de morte pago pelos nossos amados.
Ele é o único homem que se atreve a afundar o frio punhal da verdade no fundo das mentes coletivamente mortas de nossa espécie, para o único benefício de toda a humanidade, e certamente que, desde o tempo de meu querido amigo e mentor Hunter, eu não encontrava um indivíduo assim: uma pessoa com um forte e profundo senso de justiça moral. Isso me deixa doente, então eu tenho que admitir, finalmente, que eu não gosto desse homem, eu o amo, porra!

Ele é Doug Stanhope.

Johnny Depp
Los Angeles, CA.
19 de Fevereiro de 2016.

Tradução: Heleusiane/Depplovers

Série produzida por Johnny em desenvolvimento pela IM Global TV

A IM Global TV está se unindo a Johnny Depp e Richard Branson para desenvolver uma série de drama de música baseada na autobiografia de Rick Hall “The Man From Muscle Shoals” : Minha viagem da Vergonha a Fama. A série é um dos cinco novos projetos de série colocados em desenvolvimento pela Reliance Entretenimento Studio – uma divisão da IM global – juntamente com I, Rebel; DL50 a adaptação do livro The Lesser Dead e a graphic novel Planetoid.

Read More

Johnny na Goldsboro Books -Londres- 13/10/2015

Após a premiére de Black Mass no BFI, dia 11/10, Johnny continua em Londres, aproveitando a cidade que tanto ama. Hoje ele foi fotografado durante visita a Goldsboro Books.

As fotos foram divulgadas no Twitter da livraria e de alguns de seus frequentadores. Ele aparece ao lado do escritor John Boyne, autor do livro “O Menino do Pijama Listrado” (que deu origem ao filme), e que estava lançando um novo livro, “The Boy at the Top of the Mountain”.

CRNL5TpWEAAxb1KCRNOVElWUAA5sMa12109072_947442775294494_2874099913577835479_n

A Goldsboro Books é uma livraria no centro de Londres, no coração do West End, especializada na venda de primeiras edições assinadas de livros.

goldsboro_1Goldsboro-Books

Mensagens via Twitter de Harry Illingworth, que aparece com Johnny na segunda foto.

Harry Illingworth ‏@harryillers
Johnny Depp e Amber Heard em carne e osso na GoldsboroBooks!

“Eu tinha que fazer isto… Eu e meu amigo Johnny Depp quando ele visitou a Goldsboro.

The Ginger Man completa 60 anos

Um dos livros preferidos de Johnny Depp, e que ele há pelo menos 17 anos vem tentando transformar em filme, “The Ginger Man”, de JP Donleavy, está completando 60 anos.

A nova edição comemorativa inclue um prefácio da autoria de Johnny, material manuscrito inédito, um ensaio bibliográfico ilustrado e fotos inéditas.

CJOanx3W8AAzvcp

A Editora Lilliput Press convida:

The Ginger Man por JP Donleavy Lançamento do Livro
Lilliput Press
Sexta-feira, julho 17, 2015 17:00-21:00 (IST)
Dublin, Irlanda

Detalhes do Evento
Este Verão, a Lilliput Press, a menor editora independente da Irlanda convida você para celebrar a obra-prima modernista aclamado pela crítica que é The Ginger Man por JP Donleavy. Este é o livro que Dorothy Parker descreveu como ” um rigadoon de malandragem ” e Brendan Behan previu que ” a volta ao mundo e bater o bejaysus fora da Bíblia. ” Ela já vendeu quase cinco milhões de cópias e traz mais turistas ao Trinity College, onde ela se passa, que o Livro de Kells.

Agora, 60 anos depois de seu lançamento inicial, junta-se ao autor, em seu nonagésimo ano, o orador convidado Ryan Donal, Shane MacGowan e outros amigos de The Lilliput Press para celebrar a reedição, que se completa com um prefácio de Johnny Depp, que está planejando produzir uma versão cinematográfica.

Nós estaremos com você no The Pavilion Bar, Trinity, com vista para os sulcos do campo de críquete, através do qual o protagonista do livro tinha seus rompante.

Na foto, Bill Dunn, arquivista, com J.P. Donleavy, folheando a 60º edição de aniversário de The Ginger Man, em 6 de julho.

CJYfdYoWwAAL1Y_.jpg large_zpsdntnhl0q

Co-autor do livro “Black Mass” elogia o filme

A Boston Magazine publicou dia 03/06/2015 uma entrevista com Dick Lehr, um dos autores do livro “Black Mass: The True Story of an Unholy Alliance Between The FBI and the Irish Mob”, no qual foi baseado o filme Black Mass.

Q & A com o Co-Autor de Black Mass Dick Lehr

O ex-repórter do Boston Globe e professor da Universidade de Boston revela o que Whitey pensaria do próximo filme, e fala sobre sua participação especial em uma cena.
Por Kyle Clauss | Artes e Entretenimento | 03 de junho de 2015 13:35

Screen-Shot-2015-06-03-at-1.08.31-PM

O trailer oficial de Black Mass foi finalmente lançado no mês passado, contendo um ameaçador Johnny Depp como o gangster Whitey Bulger, um arrogante Joel Edgerton como o desonrado agente do FBI John Connolly, e uma participação especial da banda da Universidade de Boston, tudo com música de Rick Ross .

O filme, programado para lançamento em 18 de setembro, é baseado no livro de mesmo nome, publicado em 2000 e escrito pelos ex-repórteres do Boston Globe Dick Lehr e Gerard O’Neill. O livro dá um frio e íntimo olhar ao relacionamento entre o corrupto FBI de Boston com o chefe da máfia de Southie, com base em anos de relatórios e observações da dupla para o Boston Globe.

A Boston Magazine conversou com Lehr, agora um professor da Faculdade de Comunicação da Universidade de Boston, e discutimos o que Bulger poderia pensar do filme, o que era por dentro o Triplo O’s, e sua pequena ponta no filme.

Read More