Supervisora de Roteiro do filme “City of Lies” defende Johnny Depp

Supervisora de Roteiro do filme “City of Lies” defende Johnny Depp em ação judicial sobre alegado ataque no set

A mulher (supervisora de roteiros) disse que Depp enfrentou um gerente de locação para repreender uma moradora de rua, mas que nunca lhe deu um soco.

Um supervisor de roteiro do filme “City of Lies” disse que ela estava no set quando Johnny Depp supostamente agrediu verbalmente e fisicamente um membro da equipe – e afirma ter provas de que nada disso aconteceu realmente.

O gerente de locação Greg “Rocky” Brooks processou Depp em julho, junto com o diretor e produtores do filme. Ele alega que Depp gritou com ele, o socou duas vezes nas costelas e ofereceu US $100.000 para bater de volta. Brooks também afirma que ele foi demitido do filme depois que ele não prometeu não processar o incidente.

A supervisora ​​de roteiros, Emma Danoff, enviou na segunda-feira uma declaração afirmando que ela testemunhou a briga e que não era nada como Brooks descreveu em sua ação judicial.

Danoff diz que eles estavam filmando fora e Brooks repreendeu uma moradora de rua, afro-americana, com “insultos raciais e depreciativos” porque ela estava em seu caminho. Depp estava sentado ao lado dela a cerca de 25 metros de distância quando tudo ocorreu.

“Ele imediatamente se levantou do nosso assento compartilhado na beira de um banco de plantas e foi até Brooks para defender a mulher”, diz Danoff. “O Sr. Depp disse ao sr. Brooks: ‘Você não pode falar assim com ela. Você acha que ela é algo menor do que você? Quem você pensa que é? Como ousa?'”

Danoff diz que não houve socos e nenhuma oferta de US $100 mil para Brooks socar Depp – e ela diz que tem 40 fotos com o carimbo do tempo que provam isso.

“Sr. Brooks e outros que abusaram de Depp estão prestes a descobrir as conseqüências das falsas acusações”, diz Adam Waldman, advogado de Depp.

“City of Lies”, anteriormente conhecida como LAbrynth, aborda a investigação após a morte de Christopher Wallace, conhecido como Notorious B.I.G. Ele foi definido para abrir após o Dia do Trabalho, mas foi recentemente retirado do cronograma de distribuição da Global Road.

Fonte/Source

Tradução de Bruna França/DeppLovers

“Agora eu falo!” Johnny Depp – Entrevista – Junho 2018

“Agora eu falo!” Johnny Depp

Jerry Wagner & Johnny Depp “summer concert of the Hollywood Vampires in the Hamburg city park.
June 2-3 2018. Hamburg Germany. TV Movie Magazine.

Great interview in German, thanks @DrMCaligari for the translation and @AnDy63231461 and @andromedas_erbe for the found and the scans: LINK

Violência, divórcio, dívidas, álcool, anorexia, depressão – os boatos sobre Johnny Depp não param. O que realmente está acontecendo com a estrela dos “Piratas do Caribe”? TV Movie o encontrou em Hamburgo.

IN: É bom que você esteja visivelmente melhor. Recentemente, tem havido muita especulação sobre qual doença você pode sofrer porque você está emagrecido / porque perdeu tanto peso?

JD: Não muito tempo atrás, dizia-se que eu estava inchado. Alegadamente, eu confesso ter uma retórica confusa ou tenho até mesmo uma dificuldade no uso da linguagem. Eu sempre falo e penso devagar … sem pressa. O que quer que eu faça, grandes manchetes relatam um problema. É por isso que não leio mais o que está escrito sobre mim. Porque a criatividade precisa de distância do circo, com a qual os outros querem ganhar dinheiro (com) a sua vida.

Read More

Entrevista à Revista austríaca Schweizer Illustrierte – Julho 2018

Entrevista à Revista austríaca  Schweizer Illustrierte Nr. 28 / 13. Julho 2018

Texto original em alemão
Tradução DeppLovers – favor  dar os créditos e link ao repostar 

Johnny Depp: “Eu penduro os sutiãs das minhas fãs”

Galã. Capitão Pirata. Suas musas incluíram Kate Moss e Vanessa Paradis. Agora o Superstar Johnny Depp concedeu ao SI uma audiência particular em Montreux. Lá ele se apresentou com a banda de rock Hollywood Vampires.

Imagem
Pirata, em boa forma: Johnny Depp no palco do Festival de Jazz em Montreux VD. Ele passou seis semanas na turnê européia com os Hollywood Vampires. “Um dos meus ídolos é Keith Richards.”

O coração está acelerado! 5 de julho, 16h05, “Fairmont Le Montreux Palace”. Eu fico em frente à Suíte Bellevue 12.
Sandra, a esposa suíça de Tommy Henriksen, colega de música de Johnny Depp, bate na porta – os dois encadearam a entrevista.
Lá está ele sentado!

Johnny Depp: ator, estrela mundial, sonho de milhões de mulheres. Ele sorri. Ele parece bem! Com óculos de sol, camiseta preta, correntes ao redor do pescoço. O homem de 55 anos prepara um cigarro, limpando um fio da cabeleira pirata do rosto. Aperto de mão suave, voz abafada.
“Oi, eu sou o Johnny. Como vai você? –
Bem, um pouco nervoso. – Esqueça! Vamos conversar.
Johnny aponta para a cadeira em frente, Tommy sentado ao meu lado.
Recomendações: vinte minutos, sem perguntas sobre privacidade e casos legais.
Read More

Times Magazine UK 16/06/2018 – Entrevista – Tradução

Johnny Depp, Alice Cooper and Joe Perry: backstage with the Hollywood Vampires

Johnny Depp never wanted to be an actor – the film star’s teenage dream was to make it big in a band. And now, with Alice Cooper and Aerosmith’s Joe Perry, he has. Will Hodgkinson meets the Hollywood Vampires
Tom Jackson
The Times magazine – UK
The Times, June 16 2018,

TRADUÇÃO por Amanda Ciliberto, exclusivo para Depp Lovers, favor creditar o DL ao repostar o texto integral ou partes dele.:
Johnny Depp nunca quis ser um ator, o sonho de adolescente dele sempre foi ser bem sucedido em uma banda. Agora, com Alice Copper e Joe Perry do Aerosmith, ele tem sua banda.

No centro de Copenhague em uma noite de Sábado, 20.000 pessoas estavam no Tivoli Gardens para o show dos Hollywood Vampires. O público jovem, que estava no parque de diversão do século 19, estava indo a loucura assistindo ao que essencialmente é uma banda de bar muito boa, tocando Break On Through (To the Other Side) da banda The Doors, Baba O’Riley do The Who, Ace of Spades do Motörhead… Um clássico da época dourada após o outro.

[…] A maior surpresa aparece quando surge um segundo guitarrista, com uma faixa na cabeça, camiseta branca com as mangas dobradas e um colete preto, para cantar “Heroes” de David Bowie. Talvez não seja uma grande surpresa mas o segundo guitarrista é Johnny Depp.

“Essa música tem sido muito relevante para mim,” diz Johnny Depp na tarde seguinte, que aparentemente era o seu aniversário de 55 anos. Ele fala com um tom baixo, devagar, um sotaque de origem indeterminada, um pouco britânico, um pouco como Marlon Brando. “Especialmente nos últimos anos”.
Read More

Johnny não está doente. Tudo faz parte de difamação organizada

Materia desmentindo todos os boatos desta semana.

Matéria original em ingles >>> polygraph.info
A história foi fabricada

O ator e músico americano Johnny Depp visitou a Rússia na semana passada como parte de uma turnê européia com a banda de rock Hollywood Vampires. A mídia russa, incluindo os órgãos oficiais do governo, cobriu extensivamente a visita de Depp.
Read More

Johnny Depp em entrevista para a imprensa em Moscou

Entrevista cedida por Johnny à midia russa hoje. Alguma coisa pode estar estranha mas é porque fizemos adaptação à partir do texto russo postado pelo fansite parceiro JohnnyDepp.ru

O ator e músico americano Johnny Depp, que chegou para um concerto na Rússia, já visitou o memorial do poeta Vladimir Mayakovsky, viu o mausoléu de Lenin, e planeja ir à loja de instrumentos musicais. Sobre isso, Depp disse aos repórteres no domingo, respondendo a uma pergunta da TASS.
Depp chegou a Moscou junto com o cantor de rock Alice Cooper e guitarrista do Aerosmith, Joe Perry dentro do projeto dos Hollywood vampires – a banda vai se apresentar em 28 de Maio no complexo desportivo “Olympic”. “Eu queria ter tempo para ir à loja de instrumentos russos, ver, tocar os instrumentos, mas o fato é de que não haverá tempo suficiente”, disse Depp. Ele já estava “no mausoléu”.

“Duas ou três vezes eu estive em Moscou, mas não tive tempo suficiente para fazer qualquer coisa – aénass tomar um banho e correr para representar o filme – Depp disse -. Desta vez, eu tenho mais tempo, ontem eu estava no memorial de um dos meus poetas favoritos Vladimir Mayakovsky – ele tinha uma paixão, unidade, muita força “.

Read More

Tradução da Entrevista para a Revista belga So Soir Magazine (Fev 2018)

Revista belga So Soir, em uma entrevista exclusiva: As confidências de Johnny Depp em “So Soir”
A matéria faz parte da campanha de divulgação do Eau de Parfum Sauvage da Dior.

Imagens >>> Revista Francesa So Soir – (fevereiro 2018)

As confidências de Johnny Depp em “So Soir”: “Posso fazer tudo na frente da câmera”

É como parte de seu papel como embaixador da Dior que nós conseguimos essa entrevista com Jack Sparrow. O ator americano encarna para a Casa Parisiense algo “selvagem”, alguma interpretação de liberdade, mas não só isso. Nós descobrimos explorando Johnny Depp, um questionamento intenso sobre si mesmo, o trabalho com personagens que se baseiam mais no sentimento, um relacionamento com a musicalidade das emoções, uma personalidade ao mesmo tempo complexa e desinteressada… Quando perguntado para se definir, o homem se mostra um tanto singular e expressa uma certa limitação. Eu gosto de ficar na sombra, um pouco para trás. Prefiro o escuro do que a luz, eu sou uma pessoa tímida. É engraçado porque quando eu desempenho um papel, eu não tenho limite, eu posso fazer qualquer coisa na frente da câmera. É bastante confuso ficar mais confortável na frente da câmera do que ser você mesmo. Se eu tivesse que falar para fazer um brinde em um jantar, eu ficaria perdido. Enquanto quando eu atuo, um universo inteiro se abre para mim. Para Dior, o fotógrafo Jean-Baptiste Mondino pegou a parte de mim que não gosta de falar sobre palavras estranhas: “Celebridade”, “Glória” e toda essa merdè que não se encaixa com quem eu sou.

Read More

Entrevista de Johnny Depp para InStyle Russia – Edição Fevereiro 2018

Johnny está na edição de Fevereiro de 2018 da revista russa InStyle!

Ele foi fotografado por Jean-Baptiste Mondino para a campanha de lançamento do Sauvage da Dior.

A campanha Sauvage foi um enorme sucesso no mundo todo. Como foi trabalhar no set?
Johnny: Foi uma experiência interessante e eu tive a mais linda das impressões. Tem sido um tanto estranho também – ver outdoors com minhas fotos, quase como uma alucinação.

Existe alguma parte do Johnny Depp de verdade nas imagens criadas por Jean-Baptiste Mondino para Dior Sauvage?

Read More