August 18, 2019

Ciro Guerra debuta en las grandes ligas de Hollywood

El director colombiano habla con EL TIEMPO sobre ‘Waiting for the Barbarians’, con Johnny Depp.

Por: Sofía Gómez
18 de agosto 2019

El Tiempo

Trabalhar com esses atores é como pintar um quadro com Dalí, Van Gogh e Picasso. O fato de terem sido apaixonados por essa história significa que eles colocaram todo o seu oficio, seu talento, completamente aberto para o que é necessário. Tínhamos uma amizade muito boa, não havia egos e todos acreditavam no que estávamos fazendo. Isso influenciou muito.

É que este não era um projeto de estudio comercial, mas um projeto de paixão, então para eles era reconfortante.

Embora sejam atores exigentes, esses caras vêm trabalhando com Steven Spielberg, Tim Burton e Christopher Nolan. Lá você diz: “Eles tem claro quando um diretor sabe o que quer, sabe o que está fazendo e quando não sabe”. Então eles te forçam a elevar seu nível, a ter uma interpretação muito profunda da história, uma grande clareza no caminho a seguir. É o que eles esperam.

E quando eles sentem isso, eles também elevam seu nível …

Exatamente Johnny e Mark estavam felizes em compartilhar. Um levanta o nível para o outro, como em uma competição não dita dentro do que eles estavam criando. Foi muito impressionante ver esses artistas no topo da sua arte.



Comment Form