Artigos  ·  Dior  ·  Entrevistas

Details – Entrevista com o perfumista da Dior Francois Demachy

O perfumista mestre da Dior comenta sobre a nova fragrância, Sauvage: “Homens não gostam de mudança, mas estamos aqui precisamente para dar um empurrão e fazê-los mudar”.
Por: Jon Roth | 21 de Agosto 2015

Hoje a Dior começa a venda de sua primeira fragrância para homens desde o “Dior Homme”, lançado em 2005. Ela se chama “Sauvage”. E não deve ser confundida com o clássico da marca lançado em 1966 “Eau Sauvage”. Ela foi feita para evocar espaços mais amplos, aventura e uma espécie particular masculina de se lixar com tudo, que melhor se encaixa ao seu porta-voz Johnny Depp (fale o que quiser sobre os olhos com delineador, o cara nem tem tempo de ouvir). Tivemos uma conversa com o perfumista mestre da Dior, Francois Demachy, para entender melhor como ele criou essa nova fragrância.

Francois Demachy

DETAILS: Como você iniciou sua carreira no ramo das fragrâncias?
Francois Demachy: Foi por acidente, na verdade. Meus pais moravam em uma cidade chamada Grasse [nota do editor: ela também é conhecida como a capital do perfume no mundo], e eu comecei a trabalhar em um ‘perfume de planta’, só pra desafiar meus pais. Eu queria pagar meus estudos por conta própria. Basicamente tive a oportunidade e dei sorte.

DETAILS: Antes de você assinar com a Dior, você já tinha alguma colônia favorita deles?
Francois Demachy: “Eau Sauvage”. Eau Sauvage pra nós é como Mozart. Ela flui como uma de suas obras: a música parece simples, apenas flui, mas por dentro é na verdade bem sofisticada.

DETAILS: Essa nova essência compartilha alguma coisa em comum com a Eau Sauvage, além do nome?
Francois Demachy: Claro, mas suas similaridades são bem comuns. Existe alguns componentes cru que você encontra em muitos perfumes. Como por exemplo a bergamota*. Em ‘Eau Sauvage’ havia cerca de 50% de bergamota, no ‘Sauvage’ tem um pouco também, embora o efeito geral seja muito diferente.

DETAILS: Como você descreveria um homem Dior?
Francois Demachy: O homem Dior é alguém especial. E “especial” não significa nada. Quero dizer, ele tem sua própria personalidade e está sempre no limite da provocação. Ele é jovem. Esse tipo de cara, como um tipo de rocha. Não é alguém conformista. Ele até poderia ser, mas não seria bom o bastante.

DETAILS: É mais difícil fazer fragrâncias para os caras?
Francois Demachy: Sim. Quando o assunto é perfume os homens são mais convencionais e eles são mais conformistas que as mulheres. Provavelmente por causa da personalidade masculina. Existe alguns ingredientes que você não pode ignorar. Eles tem que estar lá porque você precisa de frescor, e você também precisa de limpeza e também de uma fragrância amadeirada. Nós temos uma estrutura, uma forma, que é menor. Homens em geral não gostam de mudanças, mas estamos aqui precisamente para dar um empurrão e fazê-los mudar.

DETAILS: Quais são os principais componentes envolvidos?
Francois Demachy: Eu diria âmbar, neste caso “Ambroxan”** [uma combinação sintética],mas também tem frescor. E então entra a bergamota, a lavanda e um pouco de limão. Acima de tudo ambroxan – contem uma overdose disso tudo neste perfume.

DETAILS: Em que ele é diferente do último grande lançamento, Dior Homme?
Francois Demachy: É como comparar um Porsche com uma Ferrari. Eles são todos ‘Dior’, mas não são o mesmo homem. O homem “Sauvage” não é bem um homem da cidade. Ele é autêntico e durão, mas ainda assim bem chique. Eu gosto da conexão de ambos os lados: selvagem e nobre ao mesmo tempo. Ele reflete a tensão entre as notas da fragrância.

Fonte | Tradução: Depplovers

Bergamota* (A Citrus bergamia ou laranja bergamota é um citrus de pequeno porte, cujos frutos têm forma ligeiramente similar à de uma pêra. – Wikipédia)
Ambroxan** Aroma idêntico à molécula de âmbar.

3 thoughts on “Details – Entrevista com o perfumista da Dior Francois Demachy

  1. Rosa Maria says:

    Uau!! Que coisa mais chique!! Só podia ser o Johnny mesmo esse homem autêntico, durão e chique! Valeu Jay, obrigada!

  2. Liu says:

    Pronto, agora só precisamos sentir essa fragrância poderosa do homem Dior tão especial tão bem representado pelo nosso belo, autêntico e “Sauvage”, Johnny Depp! Obrigada, Jay!

  3. Cy says:

    Vai ser O Perfume

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

«
»