Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Notícias de última hora!
Regras do fórum
As regras básicas devem ser lidas e respeitadas em todos os nossos fóruns. Regras específicas pra este fórum:

- Poste somente notí­cias aqui. Se quiser comentar algo relacionado ao Johnny que não seja novidade, poste no Conversa Geral;
- Caso sua notí­cia conte algo do filme, contenha SPOILERS, avise no assunto do tópico colocando a palavra: [SPOILERS]-NOME DO FILME;
Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Qua Mar 06, 2019 10:18 am

Considerando que o casamento foi uma farsa, ela core o risco ter que devolver os 7M do divorcio se ele reinvindicar. Além de perder a carreira, a reputação e ainda pelos motivos de agressão, se ele não arregar, ela pode ser presa. Lá eles prendem mesmo.

Avatar do usuário
Pathyayra
Mensagens: 17
Registrado em: Qui Nov 15, 2018 7:02 pm

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por Pathyayra » Qua Mar 06, 2019 6:12 pm

Amber Heard fez seu primeiro comentário sobre o processo de Johnny Depp: "Fighting the Good Fight"


Amber Heard não tem muito a dizer sobre o processo de US $ 50 milhões movido contra ela por Johnny Depp, mas o que ela disse deixou claro ... que ela irá recorrer.

Heard estava no aeroporto de Heathrow, em Londres, nesta quarta-feira, quando um paparazzi perguntou a ela sobre um processo de difamação apresentado contra ela pelo ex-marido. O processo de Depp é muito agressivo e acusa Heard de não apenas fingir ferimentos para sustentar sua acusação de que Depp abusou dela, mas também que ela começou um "relacionamento" com Elon Musk um mês após o casamento.

O fotógrafo tentou envolver Heard algumas vezes tentando-a fazer alguma declaração e ela ignorou as perguntas até que ela finalmente disse: "Lutando a boa luta ".


Depois de assistir ao vídeo, o advogado de Depp, Adam Waldman, conta ao The Blast:

A justiça é determinada por fatos. Os fatos baseados em evidências mostram que Amber Heard e seus 3 amigos assistentes falsamente acusaram o Sr. Depp dos ataques violentos que ela mesma lhe infligiu em série.

O comentário da Sra. Heard de que ela está "lutando a boa luta " significa que ela responderá em breve com qualquer evidência para rebater as 17 declarações de testemunhas, 87 vídeos de vigilância, fotos de lesões, depoimentos policiais e outras evidências que nós obtivemos recentemente para acabar com a farsa ?


Vítimas reais não considerariam o abuso violento ou o abuso falso uma "boa briga".

Como The Blast relatou pela primeira vez, Depp processou Heard por difamação sobre um artigo que Heard escreveu no ano passado, onde se referiu a si mesma como “uma figura pública que representa abuso doméstico”. Depp nega ter abusado de Heard e está pedindo US $ 50 milhões por calúnia.


Em seu processo, Depp discorda de um artigo que Heard escreveu para o Washington Post em dezembro de 2018, no qual ela se referiu a si mesma como “uma figura pública que representa abuso doméstico”.

Embora Johnny Depp não tenha sido nomeado, ele alega que o artigo inteiro "depende da premissa central de que Heard era uma vítima de abuso doméstico e que Depp havia cometido violência doméstica contra ela".

Ele alega que as alegações de abuso de Heard foram "conclusivamente desmentidas por dois policiais que responderam separadamente, uma ladainha de testemunhas neutras de terceiros e 87 vídeos de câmeras de vigilância recém-obtidos".


O processo também alega que, logo após o casamento, Amber Heard começou um relacionamento com Elon Musk.

"Sem o conhecimento do Sr. Depp, no máximo um mês após seu casamento com a Sra. Heard, ela estava em um novo relacionamento com o arquiteto de produtosda Tesla e fundador da Space-X, Elon Musk", afirmam os documentos.

Depp alega que Heard recebeu muitas visitas “noturnas” de Musk na residência de Depp e usou o pessoal do prédio para facilitar as visitas. Ele afirma que a estrela de "Aquaman" pediu aos funcionários do prédio que "lhe dessem acesso ao seu “amigo Elon” à garagem do prédio e ao elevador da cobertura 'tarde da noite'".

Depp está processando por difamação e pedindo por danos superiores a US $ 50.000.000.

Eric George, advogado de Amber Heard, disse anteriormente ao The Blast: “Essa ação frívola é apenas o mais recente dos esforços repetidos de Johnny Depp para silenciar Amber Heard. Ela não será silenciada. As ações do Sr. Depp provam que ele é incapaz de aceitar a verdade de seu comportamento abusivo. Mas enquanto ele parecer decidido a conseguir a autodestruição, nós prevaleceremos em derrotar este processo sem fundamento e acabar com o contínuo assédio sem valor à minha cliente pelo Sr. Depp e sua equipe jurídica. ”

Tradução TeamDL

Fonte: https://theblast.com/amber-heard-johnny ... uit-fight/
Patrícia Ayra :depp:

Avatar do usuário
Pathyayra
Mensagens: 17
Registrado em: Qui Nov 15, 2018 7:02 pm

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por Pathyayra » Sex Mar 08, 2019 11:04 am

Johnny Depp saiu com um olho roxo depois de ter sido socado no rosto por Amber Heard.
( Preferimos não postar a imagem em respeito ao Johnny, é chocante)

Johnny Depp acusou Amber Heard de socá-lo duas vezes no rosto em 2016 e agora o The Blast obteve a foto de seus ferimentos, que está sendo usada como parte de seu novo processo contra sua ex-mulher.

A acusação foi feita no ano passado como parte de um processo de difamação que o Depp conseguiu contra um tablóide do Reino Unido por chamá-lo de "espancador de esposas".

Depp afirmou na noite de 21 de abril de 2016, ele estava atrasado para o jantar de 30 anos de Heard. Quando ele voltou para casa, Depp afirmou que Heard estava chateada e começou a criticá-lo. Ele alega que estava lendo na cama quando Heard se tornou “agressiva e violenta, socando-o duas vezes na rosto”.

Depp diz que um funcionário dele tirou a foto - que mostra Depp com um olho roxo abaixo do olho esquerdo - no dia seguinte.

Durante a batalha legal do casal, o segurança de Depp, Starling Jenkins, testemunhou sobre a noite em questão, embora ele não tenha testemunhado o suposto ataque. Ele disse que Heard estava comemorando seu aniversário no apartamento do casal com alguns amigos.

Jenkins disse que seu turno terminava às 11:00 da noite, quando os convidados de Heard estavam saindo, e Depp ainda não havia voltado para casa.

Ele alegou que voltou no dia seguinte para levar Heard e seus amigos para o Coachella.

"Quando entrei na residência", Jenkins testemunhou, "Amber me explicou que ela tinha jogado o celular do Johnny e a carteira que continha os ingressos, da sacada na noite anterior".


Jenkins disse que conseguiu usar "Find My Phone" para ajudá-lo a descobrir onde os pertences de Depp estavam, mas quando ele não conseguiu encontrá-los, ele perguntou a varios moradores de rua que ele encontrou naquela área.

Ele então explica: “Um mendigo admitiu que tinha o telefone e devolveu o telefone para mim em troca do seguinte: (1) $ 425 em dinheiro; (2) três tacos de frango; (3) 2 sacos de batatas fritas; (4) 2 maçãs; e (5) quatro garrafas de água.”

Quando Johnny Depp fez as alegações contra Heard no ano passado, um de seus advogados disse à People que “as alegações são totalmente falsas”.

Amber acusou Johnny em uma ordem restritiva durante o divórcio do casal de agredi-la, inclusive jogando um telefone que atingiu a atriz no rosto.

The Blast estendeu a mão para Heard para comentar e até agora, nenhuma palavra de volta.

Como The Blast primeiro relatou, Johnny Depp processou Heard por difamação sobre um artigo que Heard escreveu no ano passado, onde se referiu a si mesma como “uma figura pública que representa abuso doméstico”. Depp nega ter abusado de Heard e está pedindo US $ 50 milhões por danos.

Em seu processo, Depp discorda de um artigo que Heard escreveu para o Washington Post em dezembro de 2018, no qual ela se referiu a si mesma como “uma figura pública que representa abuso doméstico”.

Embora Johnny Depp não tenha sido nomeado, ele alega que o artigo inteiro "depende da premissa central de que Heard era uma vítima de abuso doméstico e que Depp perpetrou violência doméstica contra ela".

Ele alega que as alegações de abuso de Heard foram "conclusivamente negadas por dois policiais que responderam separadamente, uma ladainha de testemunhas neutras de terceiros e 87 vídeos de câmeras de vigilância recém-obtidos".

Tradução TeamDL

Fonte: https://theblast.com/johnny-depp-amber- ... eye-photo/
Patrícia Ayra :depp:

Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Sex Mar 08, 2019 11:22 pm

Pessoal É nosso dever continuar informando. Sei que é chato, o assunto, mas o que a gente puder resumir, sem postar links ( que serão guardados para futuras comprovações)
Vamos evitar citar o nome dela nas redes sociais e nem repassar links para nao dar fama a ela. Mesmo sendo negativo, os algoritmos das redes sociais favorecem as pessoas quando são citadas. Então jamais citem o nome dela ou coloquem # com o nome dela por ai.

So digo a voces, apesar de alguns movimentos em defesa da mulher neste dia 08 de março, usaram a bisca hoje como exemplo, mas era coisa ja planejada, em seus editoriais antes das novas revelações.

O que sei é que a midia em geral tá no pé dela e tem algumas materias esculachando com ela.
Tipo, este aqui "nickiswift". fala sobre a vida dupla dela.
"A vida pessoal de AH é um enigma. De relacionamentos instáveis a confusões financeiras, as posições passionais de Heard muitas vezes parecem enraizadas na hipocrisia. Vamos esclarecer a verdade sobre essa atriz confusa e conflituosa."
Ela alega ser independente, jamais dependeria de homem, mas pediu 50 mil de pensão do Johnny. Ela diz que gosta de roupas vintage, mas exibe roupas luxuosas.

Já o "dailymail" trouxe hoje ela saindo de Londres, no aeroporto com cara fechada, desleixada . Eles estão acostumados a vê-la sorridente e provocativa atraindo os fotografos e agora está diferente.

"Aeroporto de Heathrow, em Londres, em meio ao processo de difamação de US $ 50 milhões do ex-marido Johnny Depp contra suas alegações de abuso doméstico

Não conseguindo sorrir, a atriz, de 32 anos, discreta em um conjunto todo preto depois de inúmeras entrevistas relatadas conduzidas pela equipe legal de Johnny, que tem pessoas sob juramento afirmando que não viram ferimentos visíveis na estrela quando interagiram com ela após uma alegada briga.

Trinity Esparaza, da empresa de serviços de concierge do prédio, encontrou a atriz várias vezes depois de um suposto incidente em 21 de maio, inclusive dois dias depois, quando não viu nenhum ferimento visível no rosto ou no corpo dela.

Depois de ver fotos que foram liberadas quando AH entrou com pedido contra Johnny, Trinity voltou e reviu imagens de segurança do prédio porque ela suspeitava que as alegações eram "falsas", já que "o tempo não somava" e ela tinha visto a atriz 'várias vezes' sem marcas no rosto.

O segurança Alex Romero também admitiu que tinha sérias dúvidas sobre o relato de AH, porque ele a tinha visto várias vezes durante a semana e não viu nada que sugerisse que a atriz tivesse sido "socada por alguém" ou que tivesse jogado algo nela.

Ele acrescentou: 'Eu vi as fotos e no dia seguinte eu a vi. Eu estava tipo, realmente. Eu não pude acreditar. Quando a vi pessoalmente, não vi nada.

Dois outros funcionários, incluindo o gerente geral do edifício, Brandon Patterson, também testemunharam que viram a atriz várias vezes após o suposto ataque e foram vistos "sem contusões, cortes, vermelhidão, inchaço ou qualquer outra lesão em seu rosto".

Avatar do usuário
Suellen
Mensagens: 57
Registrado em: Sáb Out 10, 2009 9:13 pm
Localização: Cubatão/ SP

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por Suellen » Sex Mar 08, 2019 11:39 pm

Se Deus quiser a vitória nos tribunais será dele!
Me deixou triste ver o rosto dele machucado.
Me deixou mais ainda chocada, ver o dedo dele. Não tem como não se emocionar. Ele só deu amor a ela... Só de pensar, me dá vontade de chorar... Muito triste. Que Deus dê forças mais e mais ao Johnny.
:depp:

Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Qua Mar 13, 2019 10:57 am

Chovendo materias sobre o assunto. Manchetes favoraveis ao Johnny e os comentarios da pessoas também. Muitas pessoas pedindo desculpas ao Johnny.

https://www.journalpost.co.uk/entertain ... ber-heard/
https://mtonews.com/social-media-apolog ... ns-surface
https://en.dailypakistan.com.pk/lifesty ... -evidence/
https://www.theweek.in/news/entertainme ... abuse.html

Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Qua Mar 13, 2019 11:04 am

Em pdf, link para todas as paginas do processo que Johnny contra Amber.
https://www.courthousenews.com/wp-conte ... pHeard.pdf

Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Qua Mar 13, 2019 11:31 am

A vulnerabilidade de uma mulher é a razão pela qual fomos descritos como o sexo fraco por gerações. Nossa vulnerabilidade, que parece ser a razão pela qual as mulheres são abusadas na sociedade, também é nossa maior força. É a superpotência que faz os homens adultos chorarem como bebês e os países entrarem em guerra.
Usar esta vulnerabilidade para arruinar a vida de outra pessoa é um crime contra a humanidade. O mundo já vê as mulheres como vítimas, por que assumir a identidade de uma vítima apenas para avançar em sua carreira?
Amber Heard interpretou o papel da vítima em seu artigo do Washington Post , ela usou sua vulnerabilidade para gerar simpatia e desprezo contra um homem cuja carreira foi abalada por causa de falsas acusações.
Quase 1 em cada 4 mulheres e 1 em 7 homens sofreram violência física grave por um parceiro íntimo durante a sua vida.
A violência doméstica é real e em todo o mundo, cada minuto uma mulher é vítima. A violência doméstica afeta ambos os sexos, no entanto, as mulheres são mais suscetíveis em comparação aos homens.
Na maioria dos casos, as vítimas têm medo de falar por causa do medo da repressão da sociedade.
Em certas partes da África, a violência doméstica ainda é vista como um assunto privado, até mesmo a polícia não se envolverá. Ainda há gerações de homens que vêem a violência doméstica como a única maneira de “disciplinar” suas esposas.
Há verdadeiras vítimas de violência doméstica que estão com medo de falar por causa do medo e vai se tornar ainda mais medo depois de testemunhar este desastre de Johnny Depp / Amber Heard.
O mundo é lento para ouvir e rápido para julgar, mais mulheres vão recuar porque uma mulher usou falsamente a mais infeliz realidade do nossa existencia

https://araba.com.ng/stories-like-amber ... lence/amp/

Avatar do usuário
salete
Admin
Admin
Mensagens: 11676
Registrado em: Sex Set 12, 2008 6:53 pm
Localização: Florianópolis SC

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por salete » Sex Mar 15, 2019 2:35 pm

https://meaww.com/johnny-depp-overwhelm ... rd-lawsuit


Resumo:
Johnny Depp impressionado com o apoio dos fãs online após processar Amber Heard
O ator entrou com uma ação de difamação contra a ex-mulher Amber Heard por acusá-lo falsamente de abuso doméstico

Por Vidisha Joshi
Atualizado em: 05:49 PST, 14 de março de 2019

Johnny Depp impressionado com o apoio dos fãs online após Amber Heard processo
Johnny Depp está definitivamente se recuperando de todo o apoio dos fãs que ele está recebendo online. O ator 'Piratas do Caribe' está emocionado depois de receber uma grande quantidade de apoio de fãs nos últimos dias, depois que ele entrou com uma ação de US $ 50 milhões em sua ex-mulher, Amber Heard.

Conforme relatado anteriormente pela MEA WorldWide (MEAWW), o ator entrou com uma ação de difamação contra Heard por acusá-lo falsamente de abuso doméstico. O ator de 55 anos disse que as alegações feitas por Heard no editorial de 2016 que ela escreveu para o Washington Post são uma "farsa elaborada".

No artigo, Heard alegou que ela recebeu ameaças e até perdeu oportunidades de emprego depois de acusar Depp de abuso doméstico. A cópia do processo e os documentos judiciais foram obtidos pelo The Blast, e partes dos documentos foram compartilhadas no meio de comunicação.

No entanto, enquanto Heard ainda está de pé por suas próprias alegações, fotos de um Depp machucado e ferido surgiram on-line recentemente, que supostamente foram submetidos com os documentos, bem como fotos de um dedo cortado do ator 'Fantastic Beasts'.

A foto de 2016, que Heard afirmou ser o Depp cortando seu próprio dedo em um "ataque de raiva", foi apresentada nos documentos do tribunal como evidência do abuso físico que o Depp sofreu nas mãos da estrela de 'Aquaman'.

Os documentos alegam que a atriz "quebrou os ossos na ponta do dedo médio de Depp, quase completamente cortando" um mês depois do casamento do casal, em fevereiro de 2015. Enquanto as notícias se espalham sobre imagens horríveis dos ferimentos do ator indicado ao Oscar , os fãs no Twitter correram para se desculpar com Depp por não acreditar em suas contas antes.

Mas Depp está além de todo o apoio. "Johnny está impressionado com todo o amor e apoio que recebe dos fãs no Twitter", uma fonte compartilhada com o Hollywood Life . "Ele está finalmente se sentindo vingado depois de anos parecendo o 'cara mau' e não acreditando em seu lado da história."

A fonte continuou a compartilhar, "Johnny nunca quis colocar Amber em uma posição para parecer com o agressor, mas ele finalmente teve o suficiente e precisava revelar sua verdade. O fato de que os fãs agora estão começando a acreditar em seu relato do que aconteceu é incrível. e ele está mais determinado do que nunca a continuar lutando por justiça e resgatar sua reputação ".

LiamK
Mensagens: 7
Registrado em: Qua Jan 23, 2019 4:46 pm

Re: Johnny Depp registra processo de difamação de US$ 50 M contra Amber Heard

Mensagem por LiamK » Qua Mar 20, 2019 6:00 pm

Imagem

Tradução DeppLovers - favor respeitar os créditos


Feministas: AGORA É A HORA DE FALAR

Feministas, agora é a hora de falar contra o abuso feminino.

Muitos de vocês até agora estarão cientes das alegações de abuso doméstico dirigidas a Johnny Depp por sua ex-esposa Amber Heard. As acusações vieram como um choque para os fãs, inclusive eu, que sempre considerei que ele era mais um excêntrico e introvertido do que uma ameaça física. Ele sempre parecia tão dócil, tão vulnerável em entrevistas - uma pessoa desajeitada e um tanto humilde que vivia em casas cheias de guitarras, máquinas de escrever vintage, pacotes de tabaco e pacotes de Rizla de alcaçuz. Enquanto eu podia ver claramente que ele tinha investido a maior parte de seus anos adultos se entregando aos prazeres da vida, a imagem dele como um abusador simplesmente não soava verdadeira para mim.

Eu não tinha ouvido muito sobre Amber Heard até aquele momento. Eu não sabia em quais filmes ela estava ou o que ela fazia para ganhar a vida. Eu não a reconhecia nas capas de revistas. Para mim, ela parecia uma visão recortada de uma "atriz -barra- modelo". Nada se destacava particularmente, mas eu não tinha motivos para não gostar dela. Isto é, até que peguei uma cópia do The Times Sunday Style uma tarde e passei por uma entrevista discutindo suas recentes alegações contra Johnny Depp. Algo me sobressaiu e permaneceu comigo até agora, deixando-me com um sentimento insatisfatório de vindicação. Um dos primeiros pontos que Heard traz ao entrevistador é o caso de Brett Kavanaugh - que na época estaria em pleno andamento.

A entrevista começa com isso:

“Todas as mulheres que conheço assistindo a aquela audição ficaram tocadas”, diz Heard, de 32 anos. Ela é uma daquelas pessoas que parecem loucamente bonitas mesmo quando estão chorando. "Eu não conheço uma única mulher que assistiu e não teve o coração partido. Todas nós apoiamos Dr. Ford.” Hmm. Não tenho tanta certeza, mas ela continua implacável. "Eu sinto muito se [assistir a audiência] te machucar", ela continua, olhando nos meus olhos. “Mas eu entendo você. Eu entendo você. Eu acho que a boa notícia é que todos nós entendemos você. Você sabe? Somos todas suas irmãs.

Havia algo naquele momento que, para mim, parecia tão banal - tão forçado. Não parecia importar quem era o entrevistador ou qual era sua opinião sobre o interrogatório de Kavanaugh - no que dizia respeito a Amber Heard, ela era uma "irmã", e era o trabalho de Amber protegê-la e aliviá-la dos males da vida.

Essa atitude é predominante nos círculos feministas e de celebridades, um abraço para qualquer mulher que já tenha levado uma cantada por um construtor na rua, tocada de forma inadequada em uma boate ou coagida a um ato sexual.

Embora essas questões sejam muito importantes (algumas mais que outras), elas, sozinhas, não se classificam como registro na "irmandade", na minha opinião. Sou uma pessoa particular quando se trata de minhas próprias experiências com problemas de saúde mental e abuso doméstico, mas isso não quer dizer que essas coisas não tenham afetado minha vida - elas afetaram. De muitas maneiras, meu passado me moldou na pessoa que sou hoje e afetou minha tomada de decisão quando se trata de qual "lado" eu me encontro alinhada politicamente, assim como as companhias que eu mantenho. Eu sou alguém que não me consideraria uma feminista - para o espanto de jornalistas e amigos - que supõem que eu esteja passando por algum tipo de "fase" ou que eu tenha sofrido lavagem cerebral por parte de meus grupos de "extrema-direita" a 'manosfera'.

Talvez eu tenha interiorizado sua masculinidade tóxica para esconder minhas próprias falhas de personalidade, ou eu poderia ser uma oportunista - alimentando-me de um movimento carente de representação feminina. De qualquer maneira, não é uma postura popular a ser tomada.

Anos antes de ser conhecida como "ativista da extrema-direita", participei de uma reunião das Sisters Uncut sobre abuso doméstico, na qual me abri sobre meus problemas do passado. Uma mulher balançava a cabeça com entusiasmo enquanto descrevia minhas experiências. Expliquei que às vezes me via "me tornando" meu ex, exibindo sinais de trauma residual que se expressava na forma de abusar verbalmente de meus próprios amigos e parceiros. A única pessoa que entendeu o que eu estava dizendo era essa mulher, uma sobrevivente do abuso. Compartilhamos algumas piadas e risadas de humor negro, para a perplexidade da multidão interseccional de gênero neutro, que simplesmente sentou-se em um silêncio constrangedor, desviando o olhar.

Disseram-me que o meu parceiro BPD deveria ser colocado na prisão, ao qual eu respondi que seria a pior opção para ele - que ele estava com dor e precisava de terapia intensiva. Mais uma vez, silêncio. Mais tarde, quando ousei escrever uma resenha de The Red Pill de Cassie Jay, e quando eu filmei um protesto do lado de fora de uma galeria de arte em Londres, fui chamada de 'fascista' por minhas “irmãs”, e fui expulsa do grupo de chat sem chance de me explicar. A ironia de um grupo de abuso doméstico "cancelar" um sobrevivente de abuso doméstico por ousar pensar por si não me escapou, e eu não esqueci.

Com isso em mente, eu assisti o chamado "cancelamento" de Johnny Depp com algum escrutínio - como o foco mudou para se ele merecia ou não aparecer na recente adaptação de J.K Rowling Animais Fantasticos- Os Crimes de Grindewald. Rowling, uma sobrevivente do abuso doméstico, defendeu o papel de Depp no filme. Depois de assisti-lo no cinema, vasculhei o YouTube em busca de resenhas e notei que muitos dos vloggers pareciam insatisfeitos com o elenco, alegando que "não sabiam "por que ele foi escolhido", dadas as circunstâncias e eles “ouviram algumas coisas realmente perturbadoras” sobre ele. Artigos também começaram a aparecer nos perguntando "o que fazemos quando a arte que amamos foi criada por um monstro?". Isso tudo aconteceu em um momento em que as alegações eram apenas isso, alegações. Mais uma vez, algo parecia errado. Mas eu não atrevo contestar Amber Heard, a "queridinha do movimento #metoo". Doug Stanhope, um comediante e amigo de Depp, também falou sobre suas suspeitas sobre Heard antes das acusações em 2016 - apesar de admitir que ele estava nervoso em fazer a afirmação publicamente.

“Quando seu amigo está em um relacionamento horrível e abusivo - homem ou mulher - e você se arrisca a dizer que seu parceiro é um demônio, você sabe que as chances são de que eles pularão de volta para o fogo e depois te abandonarão por ser honesto."

À luz das recentes evidências apresentadas ao tribunal pela equipe jurídica de Depp, devo dizer que estou bastante confiante com meu julgamento anterior. É difícil falar francamente sem parecer uma pessoa mal-intencionada ou uma pessoa má, mas em todas as entrevistas e conteúdos que vi da Sra. Heard, nada parecia ressoar em mim. Chame de superstição, chame de experiência, eu simplesmente não acreditei nela.

Parece tão sujo e errado escrever essas palavras, mas aí está. Eu gostaria de ter expressado isso antes, mas como você pode fazer isso com esse clima? E não duvido nem por um segundo que sua aparência e seu status tenham algo a ver com isso. A última coisa que alguém quer fazer é supor que, porque uma mulher é bem-sucedida e bonita, ela não pode ser vítima de abuso. Foi isso que toda a narrativa #MeToo foi criada para dissipar. Mas conforme o caso se desenrola e a equipe jurídica do Depp continua fornecendo evidências contrabalançando suas reivindicações, eu me vejo ficando cada vez mais furiosa.

O fato é que é muito fácil para pessoas doentes explorarem essas questões para seu ganho pessoal. Todo mundo quer fazer parte do grupo, o círculo da cura. Ninguém quer pensar em si mesmo como estando do lado errado da história, do lado do agressor. E pela aparência das coisas, isso pode ser exatamente o que muita gente pode ter feito nesse caso. Estou muito preocupada com o que vi até agora, em particular, as imagens do dedo quebrado de Johnny Depp e hematomas visíveis em seu rosto. Devemos levar as acusações contra a Sra. Heard tão serias quanto aquelas que ela fez para o ex-marido, talvez mais ainda. Ela pode muito bem ser culpada de não apenas abuso doméstico, mas potencialmente fabricar ataques fraudulentos contra si mesma em busca de ganhos financeiros e status de celebridade entre seus amigos.

O último dos quais eu consideraria o mesmo que cuspir em mim mesma e das centenas de milhares de sobreviventes de abusos em todo o mundo - homens e mulheres. Enquanto o feminismo pode ser usado como um manto para esconder abuso doméstico contra parceiros do sexo masculino, continuará a ser uma palavra que deixa um gosto amargo na minha boca.


Tradução TeamDL

Fonte: https://www.altnewsmedia.net/opinion/fe ... -to-speak/

Responder