January 30, 2016

Essas traduções e adaptações dão muito trabalho para fazer então por favor, dê os créditos ao Depp Lovers, com link, caso queira compartilhar na íntegra ou em trechos

Matéria de RICHARD JOHNSON postada ontem, 26 de Janeiro de 2016, na OCWeekly, mostra uma visão interessante e desapaixonada do show no Anaheim Center para o Imperial Ball – NAMM 2016.

Vamos tentar resumir a matéria aqui:

Ele começa dizendo que para ele, e outras pessoas “normais”, não era conhecido o fato da “Servite High Scholl” em Anaheim ser o local de um encontro anual de caridade, com uma lista de Rockstars classe A chamado The Imperial Ball.
Organizado dentro da NAMM, pela Duesenberg, tem como destaque uma performance ao vivo de Johnny Depp e amigos. Este ano o convidado confirmado foi Alice Cooper, embora houvesse a promessa de alguns convidados surpresa, e todos nós sabemos que Johnny tem alguns amigos muito legais.

Com o preço do bilhete a US $ 500, o Weekly não ia me pagar para que eu fosse lá, tirasse algumas fotos, bebesse alguma coisa e curtisse rock, como costumo fazer. Mas eu tenho a sorte de ter também alguns amigos legais. Recebi as 6:30 uma chamada do meu amigo Matt Chait, respeitado músico de estúdio e executivo do Bong Load Custom Records. Ele recebeu um par de ingressos para o Imperial Ball de Chad Fults, dono de um salão de cabeleireiros em Tustin.

Ele perguntou: “Você quer ir ver Johnny Depp e Alice Cooper em uma escola em Anaheim agora ?”, Umm … SIM!

Trinta minutos depois eu estava chegando ao estacionamento, sem problemas para encontrar uma vaga. Não parecia que um show de rock com Alice Cooper estava prestes a acontecer ali. Matt estava me esperando na entrada com os bilhetes na mão e nós caminhamos através de um pátio fechado, passamos pela lotada área ao ar livre do bar, e entramos no auditório da escola, com o assento número 988.

Fomos recebidos e vimos fantasias laminadas no backstage, em um estilo que caracterizam um astronauta flutuando no espaço conectado a um amplificador de guitarra. Não houve tapinhas dos avantajados seguranças, apenas um sorriso e um lembrete para verificar as obras e entrar no sorteio de caridade de $ 20. O lobby frente ao auditório havia sido transformado em uma galeria de arte pop, organizado pela Galeria 319. Lenços de cabeça de McQueen, placas de licença de carro gravadas, gravuras, fotografias e pinturas a óleo de Keith Richards, David Bowie e, claro, Johnny Depp, foram todos colocados a venda com os rendimentos destinados a várias instituições de caridade.

Uma pintura a óleo de “The Hollywood Vampires” (autografada por Depp, Joe Perry do Aerosmith, e Alice Cooper) de autoria de James Crouch, um dos “criadores de conceito dos parques da Disney” foi o item de destaque da noite, e conseguiu quase $ 20.000 no leilão ao vivo realizado na conclusão da noite. Em uma reviravolta irônica, o vencedor do sorteio foi o próprio pintor do retrato, que o vendeu apenas alguns segundos mais cedo! Crouch é amigo do Johnny, Joel e Bruce há muitos anos. Veja matéria neste tópico sobre outra doação dele para caridade.

Como nós seguimos caminhando, passamos a fase iluminada por velas e encontramos nossos lugares. O anfitrião da noite subiu ao palco e conversou um pouco sobre as instituições de caridade apoiadas pelo show. As receitas do leilão e da rifa estavam indo para The Art of Elysium.org, uma organização que leva artistas a crianças doentes, na esperança de inspira-los a ver os seus quartos de hospital como um lugar para fazer a grande arte e criar sua própria realidade, e para Pet Orphans.org, um site que encontra novas casas pra animais órfãos. As estrelas do documentário, um enorme cão marrom e uma menina adorável foram trazidos para receber um grande aplauso.

Agora o show! A banda de abertura era uma banda de meninas (eu penso que … o sexo do baterista não era totalmente claro, mas eu acho que isto era parte do plano) com reminiscência do glam dos anos 70, a Glam Skanks. A banda parecia um pouco mais de glamour do que o skank, se você me perguntar. Elas me fizeram lembrar de uma versão mais bonita, mais limpa das Lunachicks … sem a droga. Lotes de maquiagem, brilho, casacos de penas e de cintura alta e shorts curtos. As meninas balançaram através de um conjunto de canções originais, com títulos como “Miss Androgynous”, “Rock-n-Roll Skank”, e a minha favorita pessoal, “Pretty Boy”. Elas ainda fizeram alguns covers em seu horário, incluindo Bowie de “Moonage Daydream” e “Cherry Bomb”, de The Runaways.

No final da apresentação, nosso anfitrião voltou ao palco para apresentar um vídeo com uma montagem In Memoriam de de vários músicos, culminando com, como você poderia esperar, Lemmy e Bowie.

Sem muito alarde e enquanto as luzes ainda estavam apagadas, Depp e amigos calmamente subiram ao palco com a banda sob o apelido de “The Band With No Name” e tocaram uma retrospectiva de musicas de Bowie, começando com o riff de abertura icônico de “Rebel, Rebel”. Como eu disse, o homem tem alguns amigos legais. Os principais componentes da “The Band With No Name” eram Tommy Henriksen de Warlock e da banda de Alice Cooper, o lendário baterista Abe Laboriel Jr., que é mais conhecido por tocar com Paul McCartney, Bruce Witkin de Adam And The Ants e membro original dos The Kids com Johnny Depp em 1980. O guitarrista Joey Malone também era um membro original dos The Kids.

Mesmo com uma banda de grandes estrelas, profissionais, todos os olhos estavam claramente em Johnny, que parecia claramente desconfortável, enquanto tomava a direção da parte de trás do palco, e deixava Joey e Bruce assumirem a liderança.

Um dos rapazes gritou para ele introduzir discretamente o seu próximo amigo como seu cantor favorito. Imediatamente pensei: “Aí vem Alice!”, Mas apareceu outra lenda, Terry Reid. Este é um cara que abriu shows para os Stones e Cream nos anos 60 e famoso por recusar o convite de Jimmy Page para participar de sua nova banda, recomendando seu amigo Robert Plant para ser o vocalista do Led Zeppelin. A banda tocou uma balada clássica de Reid, “Bang Bang”, seguido de “Suffragette City” de Bowie com Laboriel Jr. nos vocais. Então, aparentemente do nada, surgiu Alice Cooper todo de preto com o bastão na mão.

A multidão pareceu esquecer tudo sobre Johnny Depp por um segundo, com todos a seus pés diante da interpretação empolgante de “No More Mr. Nice Guy”, seguido do clássico, “Eighteen”. Alice lembrou-nos que ele estava cantando “Eighteen”, e não ““Eighty” (Dezoito, e não Oitenta, 😆 , mesmo porque ele esteve mais próximo do último em 67 e ainda pode comandar o palco como uma verdadeira estrela do rock. O próximo músico convidado para se juntar ao crescente grupo foi apresentado como um dos mais antigos amigos de Alice e o único membro da banda que o colocou sob suas asas quando Alice veio pela primeira vez para Los Angeles nos anos 60. E então entra Robby Krieger dos Doors. Antes que ele pudesse até mesmo pegar a sua guitarra, a banda fez o clássico dos Doors, “Five to One” com Alice nos vocais e sem problemas seguida de uma versão de alta energia de “Break on Through”. Terry, em seguida, voltou ao grupo para tocar uma balada que ele escreveu sobre sua mãe, acompanhada de Johnny na guitarra slide.

Após uma apresentação ameaçadoramente balançada “Come Together” dos Beatles Alice anunciou que ele ia precisar de alguns “Cooper-ettes” da platéia para ajudá-lo na próxima canção. Mãos voaram e as pessoas começaram a gritar. Mesmo eu, que estava na frente e no centro, acho que não tinha muita chance. “Calico chegue até aqui !,” disse Alice, enquanto apontava para uma morena alta na primeira fila. A eleita uma vez como uma das 30 mais quentes filhas de Rockstar, e já de longa data performer da banda de Alice, a filha do Cooper, Calico pulou no palco junto com os membros da audiência voluntários e as meninas das Glam Skanks. Eles fecharam o show com uma performance assumidamente irônica e balançada de “School’s Out”, o maior hit do Cooper e a canção perfeita para ser tocada em um auditório de escola secundária. Foi um grande show, Johnny manteve e realizou sua própria lenda ao lado das lendas do rock, e um monte de dinheiro foi levantado para duas grandes instituições de caridade.

Nada mal para um cara com tesouras nas mãos.

Tradução e Adaptação Rosa Maria/DeppLovers
Matéria original
Fotos



Comment Form