Johnny produz documentário sobre LaDonna Harris

Johnny Depp é o produtor executivo de um documentário sobre a vida da líder Comanche LaDonna Harris, um dos nativos americanos politicamente mais influentes nas Américas.

O documentário de uma hora irá ao ar nos Estados Unidos pela televisão, no dia 01 de novembro, e está prestes a ser exibido no San Diego Film Festival. Todos devem se lembrar que LaDonna é “mãe adotiva” de Johnny, que em cerimônia especial em 16/05/2012, foi adotado como membro honorário da Nação Comanche, recebendo o nome de Mah Woo May.

A Comanche Julianna Brannum é a diretora e produtora do filme, “LaDonna Harris: 101 índios”, que conta a história da influente líder política nativa americana, que ajudou a transformar a condição dos nativos em seu país, conseguindo, entre outras coisas, convencer a administração Nixon a devolver a Terra Sagrada para os índios Taos Pueblo, no Novo México, fundou e dirige a Americans for Indian Opportunity, criada em 1970 e foi candidata a vice-presidente em 1980.

LaDonna cresceu em uma fazenda em Oklahoma durante a Grande Depressão, não pode estudar em uma faculdade, mas estudou e aprendeu com seu marido, que se tornaria o Senador Fred Harris, e também exerceu atividades públicas.

Conhecida por sua luta pelos direitos civis, conseguiu a devolução de terras aos índios Taos Pueblo, a tribos nativas do Alasca e o reconhecimento federal da Tribo Menominee. Seus esforços pioneiros se iniciaram quando foi selecionada pelo presidente Lyndon B. Johnson para colocar em prática um curso de educação destinado ao legislativo, chamado carinhosamente de “101 índios”, com vistas a esclarecer aos membros do Congresso e outros órgãos federais sobre as Nações Indígenas e sua relação com o país.

Via @JDZone

Leia aqui o artigo original e completo da Native Max Magazine

«
»