Um pirata com cara de roqueiro (Época – Julho de 2006)” >Um pirata com cara de roqueiro (Época – Julho de 2006)

Um pirata com cara de roqueiro
Como Johnny Depp domou a rebeldia e se tornou um dos atores mais valiosos do mundo

Mark Binelli, da Rolling Stone

Numa tarde de verão, Johnny Depp atravessa a porta de uma suíte de luxo no hotel Château Marmont em Los Angeles. Para meu espanto, está vestido de pirata: leva um trapo desbotado amarrado na cabeça, pedaços de pano pendem de seus cabelos e muitos de seus dentes estão encapados com ouro. A camiseta branca, larga e com listras horizontais azuis parece mais a de um velejador. Pertence, sem dúvida, à família náutica.

É importante sabermos que Depp não está vindo do set de seu último filme, Piratas do Caribe: o Baú da Morte. Nele, Depp repetirá o papel do extravagante capitão Jack Sparrow. Ele também não vem da sessão de fotos de propaganda. Quando toco no assunto com Gore Verbinski, diretor de ambos os filmes e de um terceiro a caminho, ele não demonstra surpresa: "Este é o Johnny que eu conheço. Ele é sempre meio Jack". Depp diz: "É sempre deprimente abandonar meus personagens. Com o capitão Jack, quando acabamos de rodar o primeiro filme, senti que nos reencontraríamos. Não achei que estivesse me despedindo. No fim do terceiro filme, tenho certeza de que será diferente. É sempre muito difícil".

Em Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola Negra, Depp roubou a cena incorporando totalmente Keith Richards (o guitarrista da banda Rolling Stones) e apareceu mais que o par romântico Orlando Bloom e Keira Knightley. Conquistou o público cético com uma performance brilhante, garbosa. Aos 43 anos, ele parece pouco transformado pelo tempo. O rosto continua de menino. E ele ainda se mostra desconfortável quando está no centro das atenções. Fala baixo e, até quando ri e os olhos brilham indicando um caráter travesso, o tom permanece cauteloso; a linguagem corporal, reservada.

Hoje em dia, Depp e a família – sua companheira de longa data, a atriz e cantora francesa Vanessa Paradis, de 33 anos, e seus dois filhos, Lily-Rose, de 7, e Jack, de 4 – continuam dividindo seu tempo entre o sul da França e Los Angeles. Estão internados em L.A. desde fevereiro de 2005, quando começaram as filmagens da seqüência dos piratas. Piratas do Caribe III, previsto para o ano que vem, começará a ser filmado em agosto, com a promessa de uma aparição do guitarrista Keith Richards. Richards vai muito bem, obrigado, depois de ter caído de um coqueiro nas Ilhas Fiji e de ter passado por uma cirurgia por causa de um ferimento na cabeça. Depp diz: "Não tive de convencê-lo. Eu disse: 'Você é quem sabe, mas acho que a gente pode se divertir'".