Amigos  ·  Joe Perry  ·  Johnny Depp  ·  Livros  ·  Música  ·  Prefácios  ·  Traduções

Tradução do prefácio escrito por Johnny no livro do Joe Perry

Dia 25 de setembro noticiamos Neste post que Joe Perry, o grande guitarrista do Aerosmith estará lançando um livro e faz um balanço de seus mais de 40 anos de carreira, com seus altos e baixos, compartilhando finalmente sua história. Groupies, drogas, rock n’roll e sua relação tumultuada com o membro da banda, Steven Tyler, estão no aguardado livro “Rocks: My Life in and out of Aerosmith”.

Johnny Depp escreveu o Prefácio do livro.
Aqui está a tradução do texto na íntegra, feita especialmente para o DeppLovers.

Prefácio por Johnny Depp

Enquanto me assento aqui diante do mais barulhento pedaço de papel carbono que delicadamente posicionei em minha robusta máquina de escrever “Olympia”, que provavelmente merece um operador mais apreensivo e equilibrado e, “voalá”, lamentável é o seu destino ao ser manuseado pelos minhas ineptas e desajeitadas digitais; o papel grita para que eu faça o primeiro movimento.

Meus pensamentos estão carregados com o desafio de escrever algumas palavras sobre um homem. Um artista. Um importante, mais que isso, artista eminente, não apenas para mim, mas para muitos outros. Um extraordinário guitarrista. Um herói cuja habilidade imensurável o elevou ao mais alto patamar diante de todas as listas dos maiores guitarristas que se sucederam desde que ele criou algumas das notas mais saborosas e enfurecidas já liberadas para um mundo inconsciente. Um herói a quem foi me dada a honra de poder chamar de amigo e irmão. Clique aqui para continuar lendo.

    Johnny produz documentário sobre LaDonna Harris

    Johnny Depp é o produtor executivo de um documentário sobre a vida da líder Comanche LaDonna Harris, um dos nativos americanos politicamente mais influentes nas Américas.

    O documentário de uma hora irá ao ar nos Estados Unidos pela televisão, no dia 01 de novembro, e está prestes a ser exibido no San Diego Film Festival. Todos devem se lembrar que LaDonna é “mãe adotiva” de Johnny, que em cerimônia especial em 16/05/2012, foi adotado como membro honorário da Nação Comanche, recebendo o nome de Mah Woo May.

    A Comanche Julianna Brannum é a diretora e produtora do filme, “LaDonna Harris: 101 índios”, que conta a história da influente líder política nativa americana, que ajudou a transformar a condição dos nativos em seu país, conseguindo, entre outras coisas, convencer a administração Nixon a devolver a Terra Sagrada para os índios Taos Pueblo, no Novo México, fundou e dirige a Americans for Indian Opportunity, criada em 1970 e foi candidata a vice-presidente em 1980.

    LaDonna cresceu em uma fazenda em Oklahoma durante a Grande Depressão, não pode estudar em uma faculdade, mas estudou e aprendeu com seu marido, que se tornaria o Senador Fred Harris, e também exerceu atividades públicas.

    Conhecida por sua luta pelos direitos civis, conseguiu a devolução de terras aos índios Taos Pueblo, a tribos nativas do Alasca e o reconhecimento federal da Tribo Menominee. Seus esforços pioneiros se iniciaram quando foi selecionada pelo presidente Lyndon B. Johnson para colocar em prática um curso de educação destinado ao legislativo, chamado carinhosamente de “101 índios”, com vistas a esclarecer aos membros do Congresso e outros órgãos federais sobre as Nações Indígenas e sua relação com o país.

    Via @JDZone

    Leia aqui o artigo original e completo da Native Max Magazine

    Johnny no Kids Choice Awards 2012

    Johnny recebeu duas nomeações para o Kids Choice Awards 2012: Melhor ator de cinema e Melhor voz para animação. A votação estará aberta no site do KCAs a partir do dia 24 de fevereiro. A premiação acontece no dia 31 de março nos EUA e o apresentador será Will Smith.
    Nos Brasil o canal Nickelodeon apresentará a premiação no dia 04 de abril (a data poderá ser alterada pela emissora).

    Steven Tyler fala sobre o presente de Johnny Depp

    Steven Tyler, vocalista do Aerosmith e atualmente um dos jurados de American Idol falou sobre as habilidades de Johnny Depp :

    No meu tempo livre eu desço a colina onde moro e fico um tempo com Johnny Depp, algumas horas. Eu recarrego minha bateria. Eu o trouxe para o estúdio, e ele me deu a mais doce guitarra. É uma coisa pequena chamada “cig fiddle” ( guitarra feita com caixas de charutos). Ela tem um amplificador que se parece com um velho rádio antigo. Você liga e ela “chora”. São quatro cordas. É bonita. ”

    Mas como são as habilidades musicais de Johnny?
    Steven brinca: “Ele toca muito bem. Ele toca sim e canta, mas ele toca melhor. Ele atua melhor do que tudo!

    Link

    Dark Shadows – A novela que deu origem ao filme.

    Esta semana foi divulgada mais uma imagem do filme, mostrando Barnabás Collins e Angelique Bouchard, personagens de Johnny Depp e Eva Green. Veja neste post.

    Fomos buscar a série original e tentar entender como se desenrola a trama.
    Ela foi exibida entre 1966 e 1971 durante 5 dias por semana, num formato semelhante às novelas nos EUA.

    A série (na verdade foi uma novela) tinha o elemento sobrenatural com vampiros, lobisomens, monstros, bruxas, zumbis, viagens no tempo e fantasmas.

    A novela ficou imensamente popular, quando, depois de um ano de exibição, o vampiro Barnabás Collins (interpretado por Jonathan Frid ) apareceu. A censura na época proibia a palavra vampiro, e durante vários episódios referiam-se à Barnabás como o “morto-vivo”, ou “ele vive nos dois mundos”, e coisas assim, até que mais tarde a palavra vampiro foi liberada.

    Dark Shadows foi distinguida pelo seu desempenho dramático, histórias memoráveis, e uma música incomum. A série é considerada um marco no mundo das séries e continua a desfrutar do seu intenso status de Cult entre os seus seguidores. Os Diretores Tim Burton e Quentin Tarantino, e a ícone pop Madonna afirmaram que eram fãs da série.

    Quando criança, Johnny Depp ficou tão obcecado com Barnabás Collins, que queria ser ele. Pelo que vimos conseguiu.

    Após a leitura de alguns episódios, descobri que Barnabás Collins é um personagem cheio de emoções, apaixonado, sofrido, amado e odiado. Rico em detalhes para Johnny e Tim se realizarem em sua criatividade.

    Atenção – A continuação deste post narra a trama original, com vídeo e detalhes dos personagens principais. Embora estes spoilers sejam incertos, considerando que a série teve mais de 1200 capítulos e não sabemos qual a abordagem utilizada por Tim Burton.Read More

    Johnny se diverte com Paul McCartney e Bruce Springsteen

    Após a performance de Paul McCartney e Bruce Springsteen no Grammy Awards, no último domingo, os dois músicos foram para a After-Party no restaurante Fig & Olive Melrose Place no qual o Foo Fighters estaria tocando. Pouco tempo após chegaram ao local, Johnny Depp chegou, pegou uma taça de vinho e sentou-se, cordialmente cumprimentando amigos e fãs.

    Certa hora, McCartney se aproximou de Johnny e imitou o jeito do Capt. Jack Sparrow andar, o que resultou em muitas risadas. Depp então se juntou ao ex-Beatle e sua esposa para jantar.

    Ao fim da noite, McCartney, Springsteen e Depp foram vistos discutindo a grande noite de premiações e os vencedores.

    Fonte: IMDB

    Vídeo: “Special Features” de The Rum Diary!

    Esse vídeo mostra cenas do making of de The Rum Diary, algumas entrevistas com Johnny, Bruce Robinson e outros que participaram do filme.

    Também mostra como Johnny de um modo muito especial e carinhoso fazia para que todos pudessem sentir que Hunter Thompson estava participando das filmagens. Todo dia, era colocada a cadeira com o nome do Hunter e em cima dela o script também com o nome dele, a piteira dele, um copo de whisky e uma garrafa de Chivas, tudo ligado ao Hunter e ao filme. E, todos usavam o Chivas como perfume, para Johnny, assim, todos podiam sentir a presença e a influência de Hunter no filme.

    Confiram o vídeo!