março 6, 2015

A Rolling Stone publicou hoje matéria sobre os Hollywood Vampires, a super banda de Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry, com destaque para a participação de Paul McCartney nas gravações do disco da banda.

Paul McCartney revive músicas de 1969 para o Supergrupo de Johnny Depp

720x405-JoePerry_PaulMcCartney

Desde que foi revelado que Johnny Depp, Alice Cooper e Joe Perry tinham formado uma espécie de banda, as informações sobre esse projeto – chamado de Hollywood Vampires – têm sido escassas.

“Nós fizemos um monte de gravações juntos recentemente” Cooper disse a Rolling Stone no ano passado. Mas agora, mais detalhes estão começando a surgir, e envolvem um álbum completo, uma provável turnê de outono e uma aparição por ninguém menos que Paul McCartney.

Liderado por Cooper, o nome Hollywood Vampires foi retirado de um grupo que reunia a noite para beber no Rainbow Bar em LA nos anos 70. Era apenas um grupo de bebedeira, não uma banda. Era uma farra de irmãos de rock, que incluiu, em vários momentos, Cooper, John Lennon, Micky Dolenz dos Monkees, Harry Nilsson, Keith Moon e Elton John letrista de Bernie Taupin.

Em seu site, Cooper recentemente deixou um convite aberto para quaisquer recordações relacionadas aos Vampiros para um possível documentário que ele gostaria de fazer sobre aquele tempo: “Onde você estava no início de 1970? Los Angeles? The Sunset Strip?? Você provavelmente lembrará mais do que eu!” ele escreveu, acrescentando que está em busca de “fotos, histórias, artefatos e testemunhas deste lugar na história do rock.” Cooper criou a hashtag #Hollywoodvampires para as pessoas apresentarem quaisquer memórias.

A nova versão dos Vampiros, lançado por Cooper e Depp, é mais focada na música. Desde o ano passado eles vêm gravando algumas faixas em LA com um tema diferente oferecido pelo produtor Bob Ezrin. “O registro é dedicado a todos os amigos que perdemos em drogas e álcool ao longo dos anos e levar as pessoas a começarem a cantar as músicas que seus amigos escreveram”, diz Perry. E, de acordo com Perry, quem contribuiu para várias faixas do álbum, um dos amigos que disparou foi McCartney, que contribuiu com uma nova versão de “Come and Get It”, o hit que ele escreveu e produziu para Badfinger.

Há alguns anos, McCartney tem brevemente reavivado a música no palco com sua banda, mas ele raramente a canta ou a toca desde 1969. Mas de acordo com Perry, uma pequena preparação é necessária para uma sessão dos Vampiros. Aparecendo no estúdio com seu baterista regular, Abe Laboriel Jr., McCartney não só já tinha escolhido a música – um tributo aos membros do Badfinger, Pete Ham e Tom Evans, ambos que cometeram suicídio -, mas estava pronto para começar.

“Eu estava brincando com ele e disse: ‘Você provavelmente escreveu esta em 20 minutos'”, diz Perry, que conhecera, mas nunca trabalhara com McCartney antes. “E ele disse: ‘Na verdade, eu estava na cama dormindo e sabia que eles precisavam de uma música para a banda que assinávamos, então desci as escadas e comecei a tocar o piano e, em seguida, fui para a Abbey Road uma hora antes do resto [Beatles], toquei todos os instrumentos, fiz a demo e lhe dei [Badfinger, então chamado de Iveys] a música.'”

Com Perry e os outros observando, McCartney reviveu sua sintonia de 46 anos atrás. “Ele sabia de todos os acordes, as letras, tudo”, diz Perry. “Ele não estava trapaceando. Era como se ele estivesse tocando durante toda a sua vida. Eu e Alice e Johnny estávamos ali, olhando um para o outro e eu te digo – se há algum ego puxando na sala, é Paul. Não importa quem você é ou o que você fez. Se Paul está na sala, simplesmente ele está lá. Era difícil se concentrar no que ele estava tocando” Cooper e McCartney acabaram compartilhando os vocais na canção, diz Perry.

Até agora, os Hollywood Vampires têm apenas um show marcado em seu calendário – uma aparição no Rock in Rio no final de setembro. Mas Perry diz que estão trabalhando em uma turnê de um mês e que ele está ansioso para tocar no palco com Depp. “Johnny é um grande guitarrista”, diz ele. “Os tempos que passei com ele, eu sempre fiquei impressionado. E sair em uma turnê com ele vai ser muito divertido. Todo mundo está realmente apreensivo sobre isso.”

Matéria original AQUI

Tradução de Amanda Duarte para DeppLovers.
Em caso de reprodução, favor respeitar os créditos.


Comments are closed.